História


O Centro Espírita Tenda de Oxalá tem sua origem na cidade de Caxambu/MG e é um legado de Dário José de Moura (padrinho Dário, como era chamado), que, com a inspiração de Santiago de Azevedo Rocha começou seus trabalhos no inicio do século passado através da “TENDA DE OXALÁ”.

Os trabalhos eram realizados as sextas-feiras das 8h às 10h30min. para atendimentos individuais e aos sábados das 20h às 22h para atendimentos coletivos, e assim se deu por vários anos, com mais de 80 (oitenta) filiados naquela época e inúmeros consulentes.

A casa trabalhava com a Corrente Astral, inspirada por Santiago de Azevedo Rocha e seus mensageiros, e com a Corrente de Umbanda, inspirada por Fabrício de Arrimatéia e seu povo.

Após a passagem de Dário José de Moura para o plano espiritual, os trabalhos passaram a ser conduzidos por Gabriel Spinelli (padrinho Gabriel, como era chamado) e por Iraci Rocha Spinelli (madrinha Duca, como era chamada). Com o passar dos anos, em virtude da idade avançada dos responsáveis da casa e de muita pressão do local, principalmente da igreja Católica, os trabalhos foram diminuindo, até que começaram a ser realizados na casa do padrinho Gabriel e da madrinha Duca, em um espaço reservado por eles apenas para esse fim.

Para que essa doutrina não se perdesse com eles, bem como para que a espiritualidade pudesse continuar a dar sua contribuição para a humanidade, o padrinho Gabriel e a madrinha Duca, com as bênçãos dos mentores da casa, em especial, Santiago de Azevedo Rocha, patrono da Corrente Astral e Fabrício de Arrimatéia, patrono da Corrente de Umbanda, autorizaram Alexandre Nuno Amaral Neri, um dos filhos da casa, que morava na cidade de São Paulo, mais freqüentava os trabalhos assiduamente, mesmo com a distância de mais de 400 km, abrir em sua cidade, um braço da casa. Este fato se deu por volta dos anos 80.

Com a abertura da casa na cidade de São Paulo os trabalhos foram realizados por vários anos sem o devido registro, até que em 01 de dezembro de 1985 o Centro Espírita Tenda de Oxalá foi registrado no 1º Cartório de Registros Públicos de São Paulo, sob o n.º 1415, onde está registrado até os dias de hoje, ou seja, a mais de 25 (vinte e cinco) anos.

Desde a abertura da casa na cidade de São Paulo os trabalhos são realizados com a inspiração de Santiago de Azevedo Rocha e Fabrício de Arrimatéia, sob a regência de Pai Custodio Caravana, guia espiritual de Alexandre Nuno Amaral Neri e que tinha, enquanto encarnado, sua casa de trabalho na cidade de Vassouras/RJ, que é aberta até os dias de hoje, sob a responsabilidade de seus familiares.

Juntamente com Alexandre Nuno Amaral Neri, ficou responsável pelos trabalhos no Centro Espírita Tenda de Oxalá, sua mulher, Vera Lucia Sales Neri, que tem como mentores Vovó Laura Baldi, na Corrente Astral e Vovó Catovina, na Corrente de Umbanda.  

Os trabalhos desde então foram realizados aos sábados das 18h às 22h, sendo que, das 18h às 20h eram atendidas as pessoas que procuravam a casa, e das 20h às 22h para desenvolvimento dos médiuns.

Entre os anos 1993 e 2000 o padrinho Gabriel (01/04/1993) e a madrinha Duca (22/06/2000) fizeram sua passagem para o plano espiritual, ocasião em que as firmezas do Centro Espírita Tenda de Oxalá, que até então permaneciam em Caxambu/MG, foram direcionadas para São Paulo.

Por problemas profissionais, em meados de 1993, o responsável da casa, Alexandre Nuno Amaral Neri, teve que se ausentar da regência dos trabalhos, deixando-os por 4 (quatro) anos sob os cuidados de seus filhos de fé mais velhos, mais, por orientação da espiritualidade, com portas fechadas, ou seja, sem atendimento ao público.

Em 1997 Alexandre Nuno Amaral Neri retornou para São Paulo, agora aposentado e retomou os trabalhos do Centro Espírita Tenda de Oxalá.

Como precisava de mais conhecimento e várias iniciações para continuar sua caminhada evolutiva, já que ficou ausente por 4 (quatro) anos, participou de vários cursos, aglutinando conhecimento e força. Esses cursos, tiveram que ser realizados, visto que nesta ocasião, o padrinho Gabriel e a madrinha Duca, já não estavam mais encarnados, não havendo possibilidade de fazer as iniciações necessárias para ele.

Por solicitação dos médiuns do Centro Espírita Tenda de Oxalá e com a autorização da espiritualidade, os trabalhos a partir de 2002 passaram a ser realizados às sextas-feiras das 20h às 22h30min.

Uma vez que este tempo é escasso para o desenvolvimento da Corrente Astral e da Corrente de Umbanda, foi autorizado abrir trabalho às segundas-feiras, das 21h às 22h, para trabalho na Corrente Astral, permanecendo as sextas-feiras para trabalho na Corrente de Umbanda.

Hoje, em virtude da idade avançada dos responsáveis da casa, Alexandre Nuno Amaral Neri e Vera Lucia Sales Neri, a espiritualidade designou a regência dos trabalhos, quando estes não estão presentes, a André Sales Neri, filho deles, que terá o auxilio de seus irmãos e também de todos os filhos de Fé de Alexandre Nuno Amaral Neri e Vera Lucia Sales Neri que permanecem na casa até os dias de hoje.

É certo que, desde a saída do responsável da casa da regência dos trabalhos por problemas profissionais, em meados de 1993, e mesmo com sua volta em 1997, os trabalhos permaneceram com as portas fechadas.

Isto se deu para que os médiuns do Centro Espírita Tenda de Oxalá pudessem se desenvolver adequadamente dentro da doutrina de Santiago de Azevedo Rocha e Fabrício de Arrimatéia, e hoje, após muitos anos, é autorizado a abertura das portas do Centro Espírita Tenda de Oxalá para que seus médiuns, sob a orientação da espiritualidade e com as bênçãos dos amados Orixás, possam ajudar o próximo, fazendo o BEM e a CARIDADE sem ver a quem, já que nossa casa segue as lições deixadas pelo caboclo das Sete Encruzilhadas, que disse: COM OS MAIS EVOLUIDOS APRENDEREMOS, AOS MENOS EVOLUIDOS ENSINAREMOS E A NENHUM RENEGAREMOS.

Além disso, o Centro Espírita Tenda de Oxalá segue também as palavras deixadas por Jesus Cristo quando nos chama dizendo:


“EU SOU A RESSURREIÇÃO E A VIDA.
QUEM CRÊ EM MIM AINDA QUE ESTEJA MORTO VIVERÁ”
E TODO AQUELE QUE VIVE E CRÊ EM MIM NUNCA MORRERÁ
(João 11)


Para que fique registrado, importante aqui fazer ainda um adendo, para agradecer e homenagear os primeiros responsáveis pelo hoje Centro Espírita Tenda de Oxalá, quais sejam, Dário José de Moura, Gabriel Spinelli e Iraci Rocha Spinelli, já que agora, são guias espirituais de nossa casa, nos ajudando com seus conhecimentos e dando a firmeza necessária para o perfeito desenvolvimento de nossos trabalhos.

Assim, após relatar um pouco da história do Centro Espírita Tenda de Oxalá, convidamos a todos a participarem dos nossos trabalhos, com as bênçãos de nosso Pai Oxalá, dos queridos Orixás e de todos os mentores da casa.  




Rua Doutor Manuel Segundo Vanderlei, nº49 - São Paulo - SP | CEP: 03804-130 | Copyright© 2014-2017 - CETO

Desenvolvido por SS Desenvolvimento