Obaluaiê


Obaluaiê é o orixá que atua na evolução.

Olorum, ao criar tudo, criou as qualidades de estabilidade e evolução, pois, sem estabilidade nada se sustenta e sem transmutar tudo fica parado. A estabilidade proporciona o meio ideal para os seres viverem em mobilidade são gerados os recursos para que elas evoluam.

Pai Obaluaiê é a divindade que representa essa dupla qualidade, pois tanto sustenta cada coisa no seu lugar como conduz cada um a ele.

Obaluaiê simboliza as passagens de um estágio de evolução a outro. O que ocorre também com Nanã, que faz o equilíbrio desse trono com ele.

Tanto Obaluaiê quanto Nanã são orixás terra-aguá, tem magnetismo misto, pois na terra está a estabilidade e na água o movimento, a mobilidade.

Pai Obaluaiê prepara os espíritos que vão encarnar, está estabelecendo o cordão energético que une o espírito no corpo (feto) e reduz o corpo plasmático do espírito até que fique do tamanho do corpo carnal alojado no útero materno.

Além disso, Obaluaiê é o senhor das passagens de um plano a outro, de uma dimensão a outra, do espírito para a carne e vice-versa.

Obaluaiê é também o orixá da cura, do bem estar e da busca de melhores condições de vida.

Por tudo isso, Obaluaiê é o senhor das almas, dos meios acelerados de sua evolução.

Obaluaiê é positivo, ativo no elemento terra e passivo no elemento água.

Sua irradiação magnética é bipolar, alternada em paralelas e continua em raios retos.

Obaluaiê gera em si o fator evolutivo transmutador e o irradia a todos, o tempo todo, da sua atuação e continua. Na numerologia Obaluaiê é o número 4.

Os filhos de Obaluaiê no positivo são cordiais, falantes, criativos, imaginosos, elegantes e generosos.

Os filhos de Obaluaiê no negativo são prepotentes, autoritários, mesquinhos, vaidosos, desleais, intrigantes, vingativos, pedantes e bajuladores.

Os filhos de Obaluaiê apreciam a boa mesa, companhias interessantes, ser o centro das atenções, festas, as roupas elegantes, viagens, reuniões animadas e bebidas suaves.

Os filhos de Obaluaiê não apreciam a monotonia, o silêncio, a solidão, as companhias tolas ou inconseqüentes e o trabalho repetitivo ou em ambientes fechados.

Oferendas para Obaluaiê:
- Toalha ou pano violeta;
- Velas violeta;
- Flores: crisântemos brancos, quaresmeira;
- Frutas: pinha, caqui, coco seco;
- Bebidas: vinho branco licoroso, água em copos, licor de embrósio e café.




Rua Doutor Manuel Segundo Vanderlei, nº49 - São Paulo - SP | CEP: 03804-130 | Copyright© 2014-2017 - CETO

Desenvolvido por SS Desenvolvimento